MINHA TERRA

Daniel Novik

Minha terra tem rameiras

Cafetinas, marajás

As meretrizes que aqui gracejam

Já não ciscam como lá

 

Os bordéis tem mais estrelas

Nossas putas mais amores

E fornicam adoidado

Distribuindo seus amores

 

Em pitar sozinho à noite

Mais onda encontro eu lá

Proxenetas esmeradas

Em tirar meu cafuá

 

Nossos catres tem odores que nem com sachê dá

Ao cafungar sozinho à noite

Mais ligado fico eu lá

Minha terra tem rameiras, cafetinas, marajás

 

Oxalá que eu não broxe

Nem me perca por lá

Sem que antes umazinha

Tenha condições de dar